Site Eco Enigma - Oscar Guedes - Eco Poesias

Twitter do Oscar Guedes

Hotel Emmy - Fiè Allo Sciliar -  Bolzano - Itália - Europa

Jornal Página Revista - Bahia

Club Med Trancoso - Porto Seguro - Bahia - Brasil

ECO POESIAS
- com Juracy Franca -

Juracy Franca - Santo Inácio - Gentio do Ouro - Bahia - Brasil

Juracy Alves da Franca, filho de Benvino Martins Franca e Izolina Alves da Franca, nascido em 10 de abril de 1938, em Barriguda, distrito de Gentio do Ouro (BA), ficou transtornado aos oito anos de idade, morando com sua mãe e cinco irmãos devido o falecimento do seu prezado pai e saudoso amigo. Isso o obrigou para que fosse morar com o tio Antônio Franca Sobrinho, em Santo Inácio, por falta de condições da sua mãe que ficara com seis filhos para criar. Ao completar doze anos de idade, foi convidado a morar com outro tio, Antônio Alves da Franca, pecuarista forte e bem conceituado para a época, que registrava cem bezerros por ano em suas duas fazendas: uma em Boqueirão e outra em Alto Novo, região de Santo Inácio, distrito de Gentio do Ouro (BA). Ficou batalhando com ele na pecuária e na lavoura até o ano de 1959, quando resolveu viajar para São Paulo em procura de aventuras competitivas e inteligentes, onde, graças a Deus, foi muito feliz. Passado alguns anos, retornou a Santo Inácio e engrenou-se no comércio e na política. Foi eleito vereador por duas vezes, nas gestões 1967 a 1971 e 1977 a 1981, com a ajuda dos amigos e juntamente com o saudoso e prezado amigo prefeito Edmundo Pereira Bastos. Essa é a história parcial de Juracy Franca Alves da Franca.

Confira algumas de suas produções literárias:

PELE ESCURA

Temos que acabar com a utopia
que negro não precisa de alforria
para comemorar a grande vitória,
o negro é gente e precisa de paz
sem preconceito de elite incapaz
que não reconhece a sua história.

Eles vivem em todo o Universo
graças a eles nasseu o progresso
que é destruído pelo lado errado,
com força perversa da oposição
e daqueles vírus sem classificação
que nós chamamos de pé-rapado.

O negro não tem culpa de sua cor,
pode dançar, sambar e ser doutor
como os brancos de forma natural,
não importa o meio aonde nasceu,
a matéria é igual do crente ou ateu,
que fora formada de amor essencial.

O negro precisa de carinho e amor
de uma sociedade sem muito rancor,
onde a corrupção é a lei mais forte,
daqueles que vivem com maldade,
corrompendo o negro sem piedade
denegrindo totalmente a sua sorte.

Precisamos reconhecer a igualdade
sem aversão ao preto na sociedade
com a força suprema do libertador,
não podemos renegar a conjuntura
de seres humanos com pele escura,
que ativaram o progresso com amor.

Juracy Franca (junho/2010)

***

FALTA DE ATITUDE

Venho observando a juventude
Desenfreada sem muita atitude,
Para dominar seus erros ilegais.
Precisa haver muita ordenança
Arraigada com muita confiança
Pra não surtir efeitos colaterais.

O jovem deve usar a mentalidade
Adquirida com voz da capacidade
Para não desmoronar o seu futuro.
Precisa reativar o seu lindo roteiro
Com o lado meramente verdadeiro
Ativado de poder altamente seguro.

O jovem é fruto de um trabalhador
Que veio ao mundo como amador
Carregando somente a sabedoria.
Edificado com amor e muito talento
Pra vida material em andamento
Acobertado com muita diplomacia.

O mesmo precisa de um parecer
Com inteligência para soerguer
E edificar o progresso socialista.
Ativado com bastante sabedoria
Em qualquer esfera de categoria
Nutrido com experiência realista.

O jovem tem que se conscientizar
E corrigir seus erros sem banalizar
Evitando deslizes de forma bestial.
Para não falir socialmente falando
Uma sociedade que está precisando
De talento e eficiência educacional.

Juracy Franca (2010)

***

FASE VEXATÓRIA

Jovens de conhecimento dominante
Estão entrando pro caminho do mal,
Por falta de estrutura aconchegante
Em nossa Bahia de cultura desigual.
 

É triste a moralidade benemerente
De uma juventude sem muita saída,
Se entorpecendo com a aguardente,
Caminho filosofal do amigo suicida..

Com a alma pálida de morto vivo
Sem autonomia e sem civilização,
Entram para o mundo sem adjetivo
Sofrendo nas garras da destruição.

A juventude cobra com ansiedade
O que Wagner prometera na eleição:
Trabalho pra todos com dignidade
Moradia, saúde e boa alimentação.

Sem resolução nenhuma primordial  
Os baianos aguardam sem anarquia,
A chegada de um emprego principal
Que Dr. Wagner garantiu pra Bahia.

Seguir o caminho da prosperidade
É o idealismo natural da juventude,
Alguns encontram com a realidade
Onde outros se perdem sem virtude.

Pra muitos baianos a fase é vexatória
Sem promessa cumprida do governador, 
Com emprego que viria após sua vitória
Para a juventude e o amigo trabalhador. 
  
Juracy Franca (Julho/2009)

*** 


CASTELO ECO ENIGMA 

Provando que adora o velho Santo Inácio
Oscar Guedes construiu com perfeição,
Aquele Castelinho com estilo de palácio    
Para o embelezamento de toda população.

Oscar adquiriu os privilégios pra edificar
Com alguns direitos para a sua construção,
Santo Inácio se sentiu orgulhoso com o lar
Edificado com carinho e muita dedicação.

Para alguns, se transformou em realidade
A construção de um Castelo com perfeição,
Em Santo Inácio com muita propriedade
Embelezando aquele pedacinho do sertão.

Aplaudimos Oscar Guedes pelo modo de ser     
E reconhecemos a grande força de vontade,
Na construção daquele Castelo com prazer
Predominado pelo amor de muita qualidade.

Santo Inácio agradece ao Oscar realmente
Pelo excelente Castelo que ele soergueu... 
Onde a beleza permanece pro povo admirar
Seus padrões estruturais de grande coliseu.

Com detalhes enigmáticos de grande atração   
O Castelo Eco-enigma é visado pelos turistas,
Que ficam embasbacados com tanta perfeição 
Que o aplaudem pela determinação do artista.

Juracy Franca (maio/2009)

***

 

LAR DOCE LAR

Com inteligência edificamos a casinha
Alicerçada com poder da experiência,
Aprimorada com o poder da igualdade
Que se estrutura devido a competência.

Na época do governo Fernando Cardoso
Os direitos trabalhistas foram tirados,
Deixando o povão sem poder edificar
Aquela Casinha do seu sonho encantado.

Para alguns se tornou uma realidade,
Para outros, um sonho sem realização,
O privilégio para trabalhador foi raro
Na construção do castelo de estimação.

Estimamos crescimento do nosso Brasil
Com muito emprego para o trabalhador,
Para o mesmo construir o seu castelinho
Com muita segurança e bastante amor.

Por isso, esperamos alguns privilégios
Para todos com potência e igualdade,
No governo Luiz Inácio Lula da Silva
Com padrões estruturais da realidade.

Condizente com a grande democracia
Para todos os trabalhadores prejudicados,
Que estão lutando pelos seus objetivos
Da casa própria com trabalho qualificado.

Juracy Franca (fevereiro/2009)

***


SONETO DA CORRUPÇÃO


Às vezes nos deixa sem ação
Estas Eleições antiquadas,
Onde existem viés de corrupção
Prejudicando de forma ousada.

O momento é muito complexo
E exemplo como este é crucial,
Estamos notando forte reflexo
De corrupção ativa sem moral.

Acorde e vote sem abstinência!
Dê o seu voto com inteligência,
Pra vigorar a nossa democracia.

Escolha candidato corretamente,
Com muita seriedade inteligente,
Para não reintegrar a hipocrisia.


Juracy Franca
(outubro de 2008)

***

IMPUNIDADE

De tanto triunfar a impunidade
Perversores corrompem o poder,
Atacam com ódio e muita maldade
Os brasileiros sem compadecer.

A justiça perde sua competência
E corruptores atacam sem piedade,
Os justos imploram pela decência
Que desmorona na sociedade.

A corrupção é a Lei estatutária
Daquele que ataca com maldade,
Prejudicando a voz prioritária
Que perde de todo a liberdade.

O justo desanima sem coragem
E vai fazendo a Jesus um pedido,
Para acabar com a pilantragem
Daquele ser que virou bandido.

O mal está corrompendo a razão
E a mentira vencendo a verdade,
Não queremos covil de espertalhão
Que prejudica com naturalidade.

A seriedade está pedindo clemência
No interior, na Capital e na Cidade,
Onde foi confirmado a negligência
Por incompetência da autoridade.

Apelamos para as nossas autoridades
Não participarem da maldita corrupção,
Exercerem seus cargos com dignidade
E inteligência em benefício do povão...

Juracy Franca (31/08/2008)

***

 

HÁ CORDA ELEITORES!

Gentio do Ouro cidade sertaneja
Com muito labor sem aprovação,
Por causa de vereadores incapazes
Atrofiando o progresso da região.

Acreditamos na expressão correta
De vereadores com muita seriedade,
Atuando corretamente na Câmara
Sem usar a corrupção da maldade.

Povão precisa agir com sabedoria
Nas eleições de outubro deste ano,
Votando em candidatos honestos
Com trabalho em primeiro plano.

Porque nada de agradável fizeram
Deixando município desmoronado,
O que é vergonhoso e inconcebível
Tanta corrupção agindo no calado.

Prometeram tudo na campanha:
Trabalho, saúde e boa administração,
Porém, nada de útil fizeram até agora
Jogando a culpa sem civilização.

Sabemos que não é muito difícil
Encontrar político credenciado,
Só precisa eleitor investigar perfil
De candidato, pra não ser enganado.

Juracy Franca (agosto de 2008)

***

NOSSO SANTO INÁCIO

Sou descendente da família Franca
Com inteligência, amor e dignidade,
Escrevo as beldades sem carranca
De Santo Inácio com naturalidade.

Enquanto não fragmentar a beleza
Disputaremos a vida naturalmente,
Com expressão de poder da natureza
Embelezadora de estrutura decente.

Visitar aquela vila de Santo Inácio
Precisar-se-á de paz no comando,
Para se admirar com bom prefácio
As beldades que estão desafiando.

És um pedacinho de beleza natural
Abrilhantando com rica propriedade,
Demonstrando raro poder escultural
Aquilatado sem nenhuma falsidade.

Existem inúmeras beldades naturais
Em Santo Inácio com boa perfeição,
Embevecendo os visitantes e demais
Naquele vilarejo, cantinho do sertão.

Com várias catadupas aconchegantes
E grande beleza natural de categoria!
Onde embevecem os nossos visitantes
De demais estados, inclusive da Bahia.

Juracy Franca (julho de 2008)

***

 

NOSSO PERFIL

Meu prezado amigo e conterrâneo,
ilustre e inesquecível companheiro,
que veio procurar labor na cidade
e continua agindo como guerreiro.

Dos meus amigos você é o primeiro
a sofrer na pele alguma alteração,
vivendo em algum lugar desconhecido
sem nenhum trabalho e sem profissão.

Como vive humilhado sem real labor
muita coisa poder-se-ia reverter,
excluir alguns políticos corruptos,
da sociedade que só querem aparecer.

Para aqueles políticos corruptíveis
nada melhor do que o desprezo,
acreditemos ser a melhor solução
de um povão ativo, resoluto e coeso.

De nossa memória nunca irá sair
as ofertas de políticos mentirosos,
quase todos com a mesma intenção
corruptível e de efeitos audaciosos.

 Por isso, teremos que ficar espertos
 nas eleições especificadas do Brasil,
 senão, políticos safados e corruptos,
 irão modificar sempre o nosso perfil.

Juracy Franca (julho de 2008)

***

 

AMIGO VERDADEIRO


Ter amigo na praça é uma virtude
Simplesmente para se considerar,
Não importa se existe um ou cem
O que vale é compreensão liderar.

Para vivermos sem muito obstáculo
No caminho privilegiado e resoluto,
Precisamos de amigos determinados
Com poderes ponderáveis absolutos.

Para se preservar amigo verdadeiro
Será necessário irrigar diariamente,
Como se fosse um jardim de rosas
Composto de muita cultura decente.

Amigo não se compra, nem se vende,
O que precisa mesmo é ser irrigado,
Com muita compreensão e sabedoria
Para não se aborrecer com certificado.

Precisamos preservar o amigo correto
Com tempero absolutamente especial,
Para não perdermos a espontaneidade
De muita cultura e evidência fraternal.

Onde prevalece com bastante amizade
E muita potência valiosa de estimação,
Que se converte numa amizade resoluta
Fortalecendo famílias com civilização.

Juracy Franca

 

 

 
© 2005 - 2010 Site Eco Enigma - Seu Sexto Sentido. Todos os direitos reservados